Pedaços de Mim

Precisava juntar meus pedaços, escolhi as palavras...

Textos



Naufraga-me...

 
Amor, nunca pensei chegar ao mar,
pois ele é tão distante e tão profundo!
Penso que tive medo de afogar
nas tuas imensas vagas o meu mundo...
 
Sabe meu doce amor? Vou lhe contar
a razão desse medo em que me afundo:
o mar são os olhos teus a me tragar
com esse azul intenso onde redundo...
 
Então me diz meu amor: resistir posso?
Ainda que ao fim seja eu um destroço,
naufraga-me de vez nessa tua onda...
 
Na onda desse teu olhar que me perpassa;
que faz versos na areia e que me enlaça;
que me leva aos corais e que me sonda...
 

( Imagem: disponível no Pixabay- domínio público)


Soneto de meu livro " Sonetos para um amor" 
( disponível em :
www.clubedeautores.com.br/book/211289--SONETOS_PARA_UM_AMOR#.WLmrQdLysWA



 
Sonia de Fátima Machado Silva
Enviado por Sonia de Fátima Machado Silva em 03/03/2017
Alterado em 03/03/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras