Pedaços de Mim
Precisava juntar meus pedaços, escolhi as palavras...
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos

Imagem relacionada
: iMAGEM https://familiadeisabel.blogspot.com/2016/02/frase-amo-te.html


Nunca é tarde...
 
Como Florbela Espanca também grito:
"Por que chegaste tarde, ó meu Amor?!..."
Grito assim a beijar-te os olhos, misto
de mar e céu que em mim faz-se fulgor...
 
Há tempos fui tão jovem e tão linda!
Mas, tu chegaste ao meu entardecer,
quando a folha de outono no chão finda;
quando é preciso em versos se esconder...
 
Mas chegastes enfim! Noite e luar...
As pedras floresceram pelos campos;
margaridas douraram os desertos...
 
Nunca é tão tarde para os pirilampos;
para se fazer versos, para amar...
Para se ter os segredos encobertos...

 

 



Imagem relacionada
IMAGEM: https://gfycat.com/idioticimpartialhalcyon


No meu sonho...
 
É mágico sentir-te perto à noite
ainda que invisível — no meu sonho
seriamente noturno — te proponho
ser como o vento que chega num açoite...
 
Desenrolarei as rendas com afoite
— o rosto branco, calmo e risonho
inclinar-se-á ao beijo— e decomponho
assim a timidez para o pernoite...
 
Tomarás-me —meu sonho completando...
 Nos entrelaçaremos feito redes
confundidas nas sombras das paredes...
 
Imagens de secretas criaturas
formarão nos lençóis — doces misturas
de amantes que meu sonho vai formando...
 


 




Imagem relacionada
iIMAGEM: https://wifflegif.com/tags/11333-amor-gifs?page=133


Faz-me tua...
 
É assim sobre meu corpo nu e alvescente
que cheio de desejo e amor resvalas...
Buscas em mim o ninho— Ah! Finalmente,
sinto de ti o cheiro másculo que exalas...
 
Sinto-lhe as vibrações do olhar ardente.
Com a boca faminta tu me calas...
Pertence-te afinal meu corpo quente.
O teu gozo é a razão — por ele que falas...
 
Mas eis que já amanhece e na cortina ,   
o sol se sobrepõe à branca lua,
quarando sua luz na renda fina...
 
E tu... Oh! Amor audaz, jamais recua...
Faz-me tua mulher, e só assim termina
teu doce madrigal que me flutua...



 




Imagem relacionada
IMAGEM:https://aminoapps.com/c/the-vampire-diares-pt-br/page/blog/a-ultima-danca/p3X6_DatQuelGLk3QKKjqGbDoE7DnQN3N


Nossas tardes...
 
E quando por fim a hora nossa soa,
lá estamos nós: meu beijo, teu fulgor...
Um anseio incontido que atordoa
enche-nos de volúpia e de dulçor...
 
O tempo é interminável, ó meu amor,
mas parece que às vezes ele escoa
entre os dedos... E ainda no torpor
precisamos partir por mais que doa...
 
Os ponteiros das horas nunca entendem...
Nem o tempo... Não entendem eles de amar.
Nem da saudade, a dor... Nem de sonhar...
 
Ó Deus! Manda que as horas parem, parem...
Que não se vá esse tempo tão depressa.
Que nossas tardes não findem... Impeça...

 
 
 




Imagem relacionada
IMAGEM: http://swag-swagonyou.blogspot.com/2014/01/gangster-love-capitulo-17-want-to-live.html



És...
 
Se enche de ti, a manhã. Sinto teus passos
no sonho transparente. Vejo o brilho
de teu riso no sol. Ergues-me os braços
a dizer-me teu amor em estribilho...
 
Faz-me sonetos, trovas . Tua poesia
é feito o cereal que me alimenta...
Junto às rosas, o pão de cada dia;
uma canção fugaz, beijo de menta...
 
De repente és a mesa, o pão... És vinho...
És o orvalho na relva... És o caminho,
por onde vou buscar o “pão secreto”.
 
És o fruto de outono... O campo aberto
 por onde nascem ervas, colhem trigo...
E então tu és o fermento e te bendigo...

 

 




Imagem relacionada
IMAGEM: https://cinesolo.tumblr.com/post/146936297254/tracy-lord-macaulay-connor-katharine-hepburn



Se tu viesses...
 
Se tu viesses ver-me qualquer dia
ainda encontraria em mim o viço
das romãs. Sim, amor, encontraria...
Provaria da semente, do feitiço...
 
Mas não demore... Fruta é uma iguaria
das tenras estações... Ah! Não mais que isso.
E quando o inverno chega, vai a magia...

A romãzeira pende tal caniço...
 
Como disse Florbela, a poetisa:
“Se tu viesses quando, linda e louca”,
ainda te ofertasse a fruta lisa;
 
o meu beijo: semente rósea à boca...
Provarias do pomo à tua guisa;
Se demoras encontra só a casca oca...




 

 Olá amigos,  esses sonetos fazem parte de meu livro de bolso, " SONETOS PARA UM AMOR" resolvi postar assim em série, porque é coisa demais que ainda tenho sem publciar aqui. assim vai diminuindo mais. O pior é que dá vontade de ir criando mais coisas novas  , mas preciso postar as mais antigas. kkk  Modéstia  à parte esses sonetos são lindos. Os escrevi em um momento difícil de minha vida em 2016. Espero que gostem. Alguns já postei por aqui, mas falta muitos ainda, inclusive do outro livro de sonetos " 101 SONETOS DE AMOR OU DE PAIXÃO" . A  [unica forma é postar em série, senão morro e ainda tem coisas para postar. Vou à fazenda hoje com minh irmã arrumar as coisas para meu pai. está uma chuva fina. Imagino que lá tem tanta coisa linda para fotografar agora que está tudo verdinho. e ai já viu, a mente fervillha de ideias. Até mais. Tenham todos um lindo finald e semana.

 



INTERAÇÃO DO  CARO POETA  Walter de Arruda
 
ACENDENDO O ENTARDESER...
 
Nunca que encontraria só de uma mulher...
Que em verdade jamais foi assim tomada...
 
Nos lábios a vontade eterna paralisada...
Na boca um coração preso no entardecer...
 
Vem, vá buscar inteira, acenda a tarde!...
 
Agora vive teu interior que tanto arde! .
 


Valeu caro amigo. Adorei.

 




Sonia de Fátima Machado Silva
Enviado por Sonia de Fátima Machado Silva em 30/11/2019
Alterado em 06/12/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários