Pedaços de Mim
Precisava juntar meus pedaços, escolhi as palavras...
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos

womanwithr_u7mdqeMQ.gif
IMAGEM: https://pt.phoneky.com/gif-animations/?id=s3s223998

Ficará sempre...
 
Ficará sempre a cor das tuas rosas.
As rosas matinais rubras... dengosas...
Perfumes que somente imaginei;
e versos teus, tão poucos, que guardei...
 
Ficará sempre amor, as tuas prosas;
os duetos, palavras desejosas...
A doçura do beijo não terei
tal fruto q’entre dentes esmaguei.
 
Mas ficará pra sempre essa ilusão
de coisas... Da manhã, o pão adormecido...
Nosso amor amassado de grão em grão...
 
Talvez quando amanhecer terá partido
tuas rosas... Secado, o rocio, ao chão...
Mas o amor ficará... Sempre. Bandido...
 

 
 



a1e32230ffe5d9b121f7c63b46db7e6f.gif

IMAGEM: Pinterest


Acreditei...
 
Amor vim das províncias verdes”— vim...
E trouxe margaridas nas lembranças...
Na cidade, a morrer, parte de mim,
as “pétalas sombrias”, feito lanças...
 
As fibras trabalhadas na dor —sim...
Aqui edifiquei outra alma ou esperança,
esse “frescor amargo” de capim
em fins de inverno— Tomei por vingança...
 
Mas tu vieste... E só então acreditei
novamente na flor, no “sangue verde”;
nas “virtudes do vento” dos invernos...
 
E nos “poderes do ar”, acreditei
E nos “azuis- celestes” oh!  Bem credes!...
E também nos segredos puros, ternos...
 
 
Todos os grifos: Pablo Neruda


 





Imagem relacionada
IMAGEM: http://albertoesolrac.blogspot.com/2014/02/vem-brincar.html


Custa-me crer...
 
Veja meu amor o inverno já regressa,
e com ele as lãs neutras e sombrias
que tecemos sem tempo ou qualquer pressa,
como fosse a estação eterna e vazia.
 
Lá fora já cai a névoa. Ah! Não impeça,
embora cubram  nossa fantasia.
Pois tudo tem seu tempo. Tudo cessa!
Mas virão longas noites, curtos dias...
 
Um tempo tão enredado de saudades
em pálpebras cansadas de viver!...
Ah! Veja doce amor, nossas verdades...
 
Como deter o dano do morrer?
Como deter as culpas das vaidades?
Ah! Sob o cachecol custa-me crer...
 

 





406.gifIMAGEM: http://angelolharfemenino.blogspot.com/2011/11/mulher-gif-3.html


De todas as verdades...
 
Amor, hoje meus passos são tão amargos!
Eu que vi a lua florir em brancos lagos;
que reclamei o perfume do jasmim
no poema e desenhei rima em nanquim...
 
Eu que tive os sorrisos meus tão largos!
Que levei antigas folhas como cargos...
E com beijos sonhei — de querubim—
descobri que a ventura tem um fim...
 
De todas as verdades, porém, digo:
não perdi a lua, ei-la no meu verso;
as pétalas, oferta, a branca flor...
 
E não perdi teu beijo — ei-lo— e bendigo:
que seria de mim, esse complexo
que se perde sonhando ainda o amor?

 

 



c94e4f418f0c8217817603961fc43e2e.gif
IMAGEM: pinterest


Tive medo...
 
Hoje tive medo amor. Eu tive medo...
De não ter mais você; não ter o torpedo
das manhãs; nem as rosas escarlates;
as margaridas cor d’ouro; as artes...
 
As trovas — já faz tanto tempo! O enredo
das tuas rimas mostrava teu folguedo.
Os contos... Ah! São tantos baluartes...
Coisas de ti que fazem-me lembrar-te...
 
 Falta-me a luz de tua energia
como disse Neruda à tua amada.
Ah! Conheço bem tua melancolia...
 
Também em mim até esse teto enfada.
Doem janelas, dói a fantasia...
Dói o tempo,dói a vida demarcada!...
 
 

 




Imagem relacionada
IMAGEM: https://aminoapps.com/c/cristaos-amino/page/blog/love-of-god/xJqV_Jau2u3Qd56XLWjpa4E6qV8oGX8GXl


Ésse o caminho...
 
Esse é o caminho amor, por onde fomos
desde o outubro passado— é o caminho
por onde a primavera veste os cromos;
onde vicejam rosas e os espinhos...
 
É o caminho dos polens e dos pomos
que abastecerão cestos, se farão vinhos...
Caminho da seara a qual expomos,
a esperança feliz de encher os ninhos...
 
É o caminho molhado de um outubro
onde os vapores da terra criam nuvens
 e onde já brilha a ceifa que está a vir...
 
É o caminho onde o sol é bem mais rubro;
é o caminho das águas, dos teus bens...
E é, sobretudo, o caminho a te seguir...


 



Mais uma série belíssima de sonetos de meu Livro de bolso "SONETOS PARA UM AMOR" .
 O livro está disponível

aqui : https://clubedeautores.com.br/livro/sonetos-para-um-amor

 e aqui :https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-1113920519-sonetos-para-um-amor-_JM?quantity=1

E aqui : https://www.americanas.com.br/produto/24618539/sonetos-para-um-amor?pfm_carac=sonetos%20para%20um%20amor&pfm_page=search&pfm_pos=grid&pfm_type=search_page

E aqui : https://www.submarino.com.br/produto/24618539/sonetos-para-um-amor?pfm_carac=sonetos%20para%20um%20amor&pfm_page=search&pfm_pos=grid&pfm_type=search_page

e aqui : https://www.estantevirtual.com.br/livros/sonia-de-fatima-machado-silva/sonetos-para-um-amor/1038395740?q=sonetos+para+um+amor

e aqui : https://www.amazon.com.br/Sonetos-S%C3%B4nia-F%C3%A1tima-Machado-Silva/dp/8591709527/ref=sr_1_3?__mk_pt_BR=%C3%85M
%C3%85%C5%BD%C3%95%C3%91&keywords=sonetos+para+um+amor&qid=1575304013&s=books&sr=1-3


 



Sonia de Fátima Machado Silva
Enviado por Sonia de Fátima Machado Silva em 02/12/2019
Alterado em 02/12/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários